Nazca no Peru: um destino místico que você precisa conhecer

Tempo de leitura: 6 minutos

Conhecer o Peru é imergir em uma viagem mágica e fabulosa, numa experiência em que as atrações não se limitam apenas a pontos turísticos e a paisagens exuberantes. Um roteiro pelo país também envolve mistérios (alguns ainda inexplicáveis), energias indescritíveis e, claro, histórias fascinantes de civilizações antigas e extremamente avançadas. É o caso da fantástica e arrepiante cidade de Nazca, no centro-sul do país!

Se você já ouviu falar sobre as misteriosas linhas de Nazca e, certamente, se surpreendeu com as imagens desses desenhos gigantescos, espere até conhecer mais sobre o destino e muitas outras atrações que podem fazer parte de um roteiro de viagem.

Vamos conferir?

Onde fica a cidade de Nazca?

Nazca fica a cerca de 450 Km de distância de Lima, à margem direita do rio Aja e bem na região Centro-sul do Peru, entre Lima, Cusco e Arequipa. Aliás, todos esses destinos podem se encaixar perfeitamente em um único roteiro, desde que tudo seja planejado com uma agência especializada.

O destino se tornou famoso após a descoberta das misteriosas e gigantescas Linhas de Nazca, que recobrem mais de 1.000 km² no deserto e, até os dias atuais, geram dúvidas e questões sobre as suas verdadeiras origens.

Um pouco sobre a história de Nazca no Peru

A antiga civilização Nazca habitou e desenvolveu a região que, hoje, recebe o mesmo nome. Estudiosos acreditam que já existiam moradores por lá no ano 300 a.C. e que isso teria durado até cerca de 800 d.C. São esses povos originais que seriam os principais responsáveis pelos geóglifos gigantescos nos altiplanos desérticos da região.

No entanto, ainda que muitos estudos apontem que as antigas civilizações tenham realizado esse feito quase que inimaginável, muitos pesquisadores ainda não sabem esclarecer muito bem quais teriam sido as referências e técnicas utilizadas para tamanho trabalho, em uma época sem tecnologias e sem vestígios de ferramentas avançadas para tal. Com isso, surgem lendas, histórias e fabulações para as possíveis explicações, desde intervenções de forças extraterrestres até obras divinas de algum Deus local.

Uma das principais estudiosas sobre a Linha de Nazca, a alemã Maria Reiche, defende que os monumentos estariam associados a um enorme calendário astronômico, enquanto outros pesquisadores acreditam se tratar de uma complexa rede hidráulica. E, assim, seguimos até hoje sem uma resposta definitiva e com muitos mistérios a serem desvendados ainda!

O que visitar em Nazca?

nazca

Se só de imaginar esse cenário já é suficiente para se arrepiar, imagine poder sobrevoar as Linhas de Nazca e tentar desvendar os mistérios que sua antiga civilização deixou para nós! Além disso, há muitos outros atrativos a serem explorados na região e é justamente o que vamos apresentar a seguir. Vamos conferir?

Sobrevoo às Linhas de Nazca

Linhas de Nazca

Sem dúvidas, o passeio mais cobiçado da região e uma das aventuras mais incríveis do Peru. Ou melhor, sem modéstia, de todo o continente Sul-americano. Não é à toa que o monumento foi considerado patrimônio da humanidade pela Unesco em 1994 e é uma das atrações mais famosas do mundo inteiro.

Ao todo, as Linhas de Nazca contam com mais de 13 mil traços, o que forma nada menos do que 800 figuras de tamanhos gigantescos. Elas foram descobertas apenas em 1927, após um voo realizado pelo piloto Toribio Mejia Xespe, o que as torna ainda mais surpreendentes, visto que essa é a única forma de serem avistadas por completo. Ou seja, teria a civilização antiga alguma orientação vinda dos céus para realizar os desenhos de Nazca?

Para vivenciar essa experiência única, um roteiro por Nazca engloba um sobrevoo pelas misteriosas figuras no deserto e, sem dúvidas, é um dos momentos mais fantásticos de toda a viagem à região.

Aquedutos de Cantalloc

Outro ponto turístico de Nazca é a fabulosa rede de aquedutos de Cantalloc, somente a quatro km a leste da cidade. Tratam-se de canais subterrâneos que captam as águas dos vales e montanhas ao redor e abastecem os povoados, permitindo o plantio de batata, milho, algodão, feijão e muitos outros alimentos até os dias de hoje.

Essa rede é mais uma prova da capacidade de engenharia dos antigos povos andinos que, além de manter o funcionamento ativo de pelo menos 30 canais, ainda suportou o poder do tempo, da erosão e até de terremotos que ocorreram na região.

Cemitério Arqueológico de Chauchilla

Também bem perto do centro de Nazca, a cerca de 28 km, encontra-se mais um dos mistérios do Peru: a arrepiante Necrópole de Chauchilla. Trata-se de um cemitério pré-Inca, que teria sido utilizado até aproximadamente 200 anos d.C e com uma extensão de 2 km.

Mesmo que o local tenha sido saqueado por longos tempos em busca de ouro e prata (afinal, as múmias de Nazca eram enterradas com todos os seus pertences), ainda foi possível preservar muita coisa nas tumbas. Hoje, devidamente protegido, o destino é famoso pelos restos mortais extremamente conservados de importantes personagens da civilização Nazca, quase sempre em posição fetal, entrelaçadas com tecidos e ao lado de objetos de cerâmica.

Tanto o clima seco como as próprias técnicas de mumificação permitiram que os corpos se conservassem por todo esse tempo, o que explica o desejo do povo Nazca em eternizar seus parentes e representantes mais importantes.

Como chegar em Nazca?

Linhas de Nazca

Há ônibus que ligam Lima a Nazca. No entanto, o mais indicado é sempre contar com o suporte de uma agência especializada, tendo em vista, principalmente, que a logística no Peru não é a mais simples e qualquer erro pode comprometer o seu roteiro de viagem.

Além disso, os passeios em Nazca também vão depender de transportes especiais, o que requer um apoio mais profissional.

Como dica para um roteiro mais completo, é possível montar um pacote passando por todos os seguintes destinos:

A Machu Picchu Brasil é a única agência brasileira que se dedica 100% ao turismo e à cultura peruana, o que inclui roteiros exclusivos para Nazca e todas as demais regiões citadas, com todo o conforto, comodidade e o melhor custo-benefício para sua viagem se tornar ainda mais inesquecível.

Sendo assim, sem perder tempo, se você sonha em conhecer as fabulosas Linhas de Nazca e não quer arriscar roteiros duvidosos, confira todas as sugestões de pacotes completos que incluem o destino e viva sua melhor experiência de viagem ao Peru.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *