Viagem para Machu Picchu precisa de passaporte?

Tempo de leitura: 5 minutos

Se você sempre sonhou em visitar o Peru e desbravar todos os encantos e maravilhas desse país, saiba que chegar lá é mais simples do que se imagina! Mesmo assim, sabemos que é comum ter algumas dúvidas na primeira vez: viagem para Machu Picchu precisa de passaporte? Tem algum tipo de visto obrigatório no Peru? Como é a questão das vacinas?

Se você ainda está planejando a aventura e não sabe muito bem o que é preciso providenciar para embarcar nessa viagem, fique tranquilo!

Afinal, nós, como bons especialistas em roteiros inesquecíveis por terras andinas, resolvemos preparar um miniguia bem completo, só para esclarecer essas dúvidas básicas.

Sendo assim, papel e caneta na mão, pois vamos começar o nosso checklist com tudo o que é preciso para viajar para o Peru. Podemos começar?

Afinal, viagem para Machu Picchu precisa de passaporte?

machu picchu precisa de passaporte

Definitivamente, não! Por fazer parte do acordo do Mercosul, os brasileiros podem viajar ao Peru portando apenas a carteira de identidade nacional (RG), desde que a mesma esteja em boas condições de conservação.

Por outro lado, quem não abre mão de um novo carimbo no passaporte, basta embarcar e apresentar o documento na aduana, ainda que não seja obrigatório.

Por fim, outra coisa bem legal de levar o passaporte para o Peru é que o parque de Machu Picchu também oferece, gratuitamente, um carimbo próprio com a imagem das montanhas e das ruínas. O famoso carimbo de Machu Picchu é uma lembrança simbólica a ser eternizada!

E em relação ao visto?

Os brasileiros também não precisam de vistos específicos para entrarem como turistas no Peru. Automaticamente, após a passagem pela aduana, o viajante tem o direito de permanecer no país por até 90 dias de forma legal.

Precisa tomar vacina da febre amarela para ir ao Peru?

Outra dúvida muito comum entre os viajantes é a questão da obrigatoriedade de se vacinar contra a febre amarela para ir ao Peru. Atualmente, o governo peruano não solicita a apresentação de qualquer documento que comprove isso.

No entanto, por se considerar que muitas regiões do país se encontram em áreas de florestas, é recomendado que o visitante se previna. A vacina contra a febre amarela e a emissão do Certificado Internacional de Vacinação são realizados de graça no Brasil, por meio do SUS.

Sendo assim, mesmo que não seja obrigatório, se você ainda não foi vacinado, a dica é se prevenir e levar o certificado na viagem.

Se quiser alugar carro, a CNH brasileira é válida no Peru?

Para aqueles que pretendem alugar um veículo e dirigir no país, a CNH brasileira é válida no Peru dentro do prazo dos 90 dias de turismo. Porém, é bom reforçar um ponto importante: esse documento não vale como identificação de viagem, ou seja, ele não substitui o RG e muito menos o passaporte.

Sendo assim, ele só terá utilidade caso você precise dirigir no Peru, ok?

Levar dinheiro ou cartão de crédito para o Peru?

A moeda oficial no Peru é o Sol e, atualmente, seu valor é praticamente igual ao Real Brasileiro, o que, por um lado, facilita na hora de fazer as contas. É possível trocar dólares e reais nas casas de câmbio no aeroporto ou nas próprias cidades, como Lima ou Cusco.

O cartão de crédito também é bem aceito no país e recomenda-se levá-lo, ainda que as taxas e impostos sempre pesem um pouco mais no final.

Como dica fundamental para economizar e ter menos preocupações com o dinheiro, a melhor alternativa é fechar o roteiro completo com uma agência no Brasil, pois, dessa forma, você consegue negociar tudo em real, sem conversões ou riscos.

O que levar em uma viagem para Machu Picchu?

machu picchu precisa de passaporte

Agora que você sabe que uma viagem para Machu Picchu não precisa de passaporte, visto e nem mesmo do certificado de vacinação contra a febre amarela, só resta planejar o roteiro e arrumar as malas, concorda?

Por isso mesmo, a gente ainda destacou algumas dicas fundamentais de tudo aquilo que é indispensável levar em uma viagem para Machu Picchu. Confira!

  • Calçados confortáveis, pois as caminhadas são certas, tanto no parque de Machu Picchu como na região de Cusco e do Vale Sagrado;
  • Roupas leves para os passeios diurnos;
  • Mesmo no verão, lugares mais altos com Machu Picchu e Cusco, por exemplo, costumam registrar quedas de temperaturas, especialmente, ao anoitecer. Portanto, separe um espaço para um casaco e acessórios mais quentes;
  • Hidratante e protetor solar também são bem-vindos;
  • Uma mochila pequena fará toda a diferença nos passeios;
  • Máquina fotográfica, cartão de memória e carregador. Se a sua tomada for no padrão brasileiro, providencie também um adaptador universal.

VEJA TAMBÉM
Infográfico: o que levar na viagem ao Peru em cada região do país

Qual a melhor época para visitar Machu Picchu e o que levar?

E como viajar para Machu Picchu sem se preocupar com nada?

Depois de mostrarmos que não precisa de passaporte para Machu Picchu e muito menos de outros documentos específicos, que tal começar a tirar as ideias do papel e transformar esse sonho em realidade?

Para provar que ir ao Peru é mais simples do que se imagina, apresentamos a Machu Picchu Brasil, a única agência brasileira 100% dedicada ao turismo e à cultura andina, com roteiros diversificados, exclusivos e focados em experiências inequecíveis pelo país mais fascinante de toda a América do Sul.

Viajar com uma agência especializada vai muito além da comodidade e praticidade na hora de preparar o roteiro. Significa também garantir a oportunidade única de vivenciar o que há de mais original na história, cultura e tradição do Peru.

Sendo assim, sabendo que uma viagem para Machu Picchu não precisa de passaporte, vistos e vacinas, convidamos você a conhecer um pouco mais as nossas sugestões de roteiros e, quem sabe, já arrumar as malas para a maior aventura de sua vida! Entre em contato e se surpreenda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *